A História das camisetas


Em nosso primeiro post, nada melhor que falarmos sobre A História das Camisetas!

Ao contrário do que possa parecer, as camisetas nem sempre tiveram a função que conhecemos hoje, de peça confortável, versátil e indispensável em qualquer guarda-roupas. Quando foi inventada, o propósito era que servisse como roupa de baixo dos Romanos. Era feita em linho branco, e tinha como objetivo reter o suor e proteger as sofisticadas túnicas, que geralmente eram adornadas com ouro, prata e pedras preciosas.

A camiseta já apareceu até na obra de grandes artistas, com Michelangelo (1516), Monet (1874) e Renoir (1881), mas mesmo patrocinada por este time de peso a vestimenta não agradou ao pessoal da época.

          FOTO1
Antes tarde do que nunca, sua fama teve início na década de 1910, durante a primeira guerra mundial, quando os soldados americanos gostaram das peças confortáveis de algodão que os europeus usavam por baixo dos uniformes e as levaram para os States. Chegando lá, a camiseta recebeu o nome de T-Shirt, devido a semelhança de seu design com a letra T.

O cinema foi o principal responsável para que a camiseta se tornasse fundamental em nosso dia a dia. Foi após as aparições de Marlon Brando (1951) e James Dean (1955) usando a peça nas telonas que a camiseta se tornou popular, sendo inserida de vez no cotidiano das pessoas.

          FOTO2
Nas décadas de 60 e 70, as estampas se tornam comuns, abrangendo desde mensagens Hippies como “Faça amor, não faça guerra”, a imagens de cunho publicitário, como marcas de refrigerantes. Neste período a peça se torna unissex, caindo na graça das mulheres após a declaração do estilista Yves Saint Laurent: “Tudo o que uma garota de 20 anos precisa é uma camiseta e um par de jeans”.

Na década de 80, embalada pelo crescimento do consumismo, a camiseta começa a ser símbolo de ostentação, trazendo estampas de marcas e grifes famosas. É nesta época que começam a surgir variações, como a gola V e as mangas longas. Nos anos 90 a camiseta já é usada por todos, independente de classe social, ideologia ou faixa etária.

Atualmente não existem barreiras para as camisetas. Após alcançar o posto de peça de vestuário mais popular do planeta, as possibilidades aumentam a cada dia. Hoje podemos usar camisetas sobre futebol, religião, música, arte, moda, ideologias, ou até mesmo customizá-las do jeito que nos agrada. A regra é não ter regras. :)



Saiba das Promoções